Fatores Femininos

Importante ressaltar que entre 10-15% dos casais com infertilidade, não é encontrada nenhuma causa para o quadro. Estes casos são definidos como ISCA (Infertilidade sem causa aparente). Quando identificado algum fator, as principais causas de infertilidade feminina podem ser divididas em:

  • Alterações tubárias
  • Alterações na ovulação
  • Alterações no útero
  • Endometriose
  • Idade da mulher

Para compreendermos cada uma delas, é importante entendermos a anatomia feminina e como ocorre uma gravidez natural:

Anatomia Sistema Reprodutor Feminino

Os passos para uma Gestação Natural

  1. Ovulação: ocorre após um período de recrutamento e desenvolvimento folicular, período no qual ocorre o amadurecimento de um óvulo, culminando com a ovulação;
  2. Trompa: tem que “captar”/“aspirar” o óvulo para dentro dela para que possa ser fertilizado por 1 espermatozoide;
  3. Espermatozoides: são necessários milhões de espermatozoides com uma boa motilidade para que possam penetrar no útero e percorrer todo o trajeto até encontrar o óvulo;
  4. Fertilização: quando 1 espermatozoide de qualidade penetra em 1 óvulo para que forme-se o embrião. Após a fertilização, o embrião passa por um período de desenvolvimento e divisões que dura entre 5-6 dias, até chegar à cavidade uterina;
  5. Implantação: momento no qual deve ocorrer um “diálogo” adequado entre embrião e endométrio para que o embrião possa aderir ao endométrio, iniciando-se o processo de gestação.

Assim, a falha em qualquer um destes processos pode levar à infertilidade.

Fator Tubário

Uma das principais causas de infertilidade feminina. Em países em desenvolvimento, o fator mais importante relacionado à alteração e perda de função das tubas é a doença inflamatória pélvica, causadas principalmente pela Chlamydia e Gonococos. Outro importante fator de alteração tubária é a endometriose. Os fatores tubários podem ocorrer por alteração no funcionamento normal das trompas com dilatação destas; obstrução tubária; aderências pélvicas; distorções.

Fator Ovulatório

Um ciclo menstrual é considerado regular quando ocorre com intervalor entre 25-35 dias. As mulheres que não ovulam adequadamente, geralmente apresentam menstruações com intervalor irregulares. A principal causa de alterações ovulatórias é a Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP). Outros problemas também podem estar relacionados com problemas ovulatórios , como problemas da tireóide, tumores produtores de prolactina, tumores produtores de androgênios e algumas deficiências enzimáticas mais raras.

Fator Uterino

São causas menos comuns de infertilidade. As patologias uterinas mais comuns relacionadas à infertilidade são os miomas uterinos, pólipos, malformações uterinas e aderências (ou sinéquias uterinas)

Endometriose

Doença cada vez mais frequente e que ocorre quando fragmentos de endométrio (tecido que reveste a cavidade uterina) implantam-se em um local fora da cavidade uterina. Podem afetar o peritônio (tecido que reveste a cavidade abdominal), os ovários, as tubas uterinas, intestino, bexiga, etc. Alguns sinais e sintomas de endometriose:

  • apresentar-se sem sintomas e apenas com infertilidade ou cólica menstrual severa (normalmente vai aumentando de intensidade com o passar do tempo);
  • dor durante a relação sexual;
  • sintomas urinários / evacuatórios perimenstruais;
  • fadiga crônica.

Idade da mulher

Atualmente, um fator muito importante. As mulheres estão retardando casa vez mais a gestação, fazendo com que diminuam as chances de gravidez e aumentem os riscos de aborto. Isso ocorre por uma diminuição na quantidade e na qualidade dos óvulos com o avançar da idade da mulher.