Varicocele

Varicocele

A varicocele é caracterizada pela dilatação das veias do cordão espermático, estrutura que sustenta e mantém os testículos na região escrotal, normalmente causada por uma incompetência das válvulas das veias do plexo pampiniforme. Estima-se que 30%-40% dos homens com problemas de infertilidade primária têm como causa esta doença.

Não existem sintomas específicos que possam indicar ao médico um diagnostico imediato de varicocele. O sinal mais comum e indicativo é a presença de veias dilatadas e tortuosas na região da bolsa escrotal, normalmente ao lado esquerdo.

A varicocele pode ser diagnosticada como clínica, onde a dilatação pode se apresentar desde pequenos inchaços até formações grandes e numerosas o suficiente para causarem desfiguração, ou subclínica, onde o diagnóstico da doença só é realizado através da ultrassonografia.

Em casos de duvida na hora do diagnostico o médico pode solicitar uma ecografia da bolsa escrotal ou uma cintilografia dos testículos, assim como em casos mais específicos, uma tomografia testicular.

Também é importante que todo paciente com suspeita ou varicocele confirmada, realize um espermograma para a avaliação da fertilidade.

O tratamento da varicocele clínica é realizado por vias cirúrgicas (preferencialmente uma micro-cirurgia) onde uma ligadura das veias espermáticas dilatadas, é realizada. Se a varicocele for a única causadora da infertilidade masculina, após a cirurgia esta poderá estar resolvida. Importante que em homens casados, antes de uma intervenção cirúrgica seja realizada uma avaliação adequada da parceira.

Pacientes com varicocele subclínica a princípio não apresentam indicação de tratamento.