Teste de Fragmentação de DNA Espermático

 

Teste de Fragmentação de DNA Espermático

O espermatozoide carrega em seu interior o material genético fundamental para a formação do embrião. Se este material, o DNA, contiver danos ou alterações a probabilidade de gravidez irá, por consequência, diminuir assim como a taxa de aborto tenderá a aumentar.

Existem vários motivos para essas alterações, ou fragmentação, do DNA acontecerem. A próprio estilo de vida moderna contribui muito para a agravação de possíveis síndromes. Agrotóxicos, toxinas e aditivos causam um impacto negativo no homem e na qualidade do seu esperma.

O teste de fragmentação é indicado para casos de Infertilidade Sem Causa Aparente (ISCA), e quando o espermograma aparece dentro das normas, mas o casal ainda encontra falhas em manter a gestação.

A fragmentação do DNA está relacionada com a capacidade de fecundação do paciente. Dessa forma, quanto maior for o índice de fragmentação, menor será a capacidade de fecundação. Se a fragmentação estiver acima dos 30% a capacidade fértil do paciente é diagnosticada como seriamente comprometida, e o casal pode ser aconselhado a procurar outros tratamentos de reprodução assistida, como as técnicas de Extração de Espermatozoides ou Doação de Sêmen.